A produção de um discurso sobre tempo e história através das biografias e comentários de Giovani Boccaccio, Francesco Petrarca e Leonardo Bruni sobre Dante Alighieri.

 

A proposta da professora Maria Eugênia Bertarelli é investigar a produção de um discurso sobre o poeta Dante Alighieri no ambiente intelectual florentino durante as primeiras décadas do movimento humanista que estaria relacionada à criação de uma ideia de tempo e história.

A produção de biografias e comentários sobre o poeta teria relação com a perspectiva de inaugurar um modelo de referência que marca a chegada de um novo tempo que se instaura para aqueles autores.

A construção de um discurso sobre Dante torna-se significativo quando analisado a partir de um diálogo estabelecido entre as obras de Giovani Boccaccio, Francesco Petrarca e Leonardo Bruni, autores que escreveram biografias ou comentários sobre o poeta florentino.

O recorte escolhido para este projeto compreende o período pouco posterior a morte de Dante, tomando como referência inicial a primeira biografia produzida por Giovanni Boccaccio, em meados do século XIV, até a primeira metade do século XV com a publicação da Vita di Dante, pelo humanista Leonardo Bruni, em 1436.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s