Texto e Monumentalidade no Culto aos Cinco Mártires de Marrocos em Portugal

  Sem remontar a – simular – um real fixo, [o texto] constrói o teatro móvel de seu movimento, para o qual contribui e do qual é atributo. (Julia Kristeva) Financiado pelo Programa de Residência em Pesquisa da Fundação Biblioteca Nacional (edição 2016), o projeto do professor Marcelo Berriel, intitulado Texto e Monumentalidade no Culto aos […]

Read more "Texto e Monumentalidade no Culto aos Cinco Mártires de Marrocos em Portugal"