“Pensando a Idade Média no aqui e agora: contribuições da Teoria do Medievalismo”.

O pesquisador Clínio Amaral participou no dia 23 de setembro do I Ciclo Virtual de Idade Média no Nordeste, na ocasião, apresentou a palestra “Pensando a Idade Média no aqui e agora: contribuições da Teoria do Medievalismo”. Para assisti-la, clique no link a seguir: https://www.youtube.com/watch?v=w6WmKecXWcw.

Read more "“Pensando a Idade Média no aqui e agora: contribuições da Teoria do Medievalismo”."

Longa idade média ou apropriações do medievo? Uma reflexão para se descolonizar a idade média através do medievalismo

Os pesquisadores Clínio Amaral e Maria Eugênia Bertarelli publicaram um artigo na Revista História da Historiografia sobre a tese francesa da longa idade média e o medievalismo. No texto, os pesquisadores, além de fazer críticas à historiografia francesa e à brasileira, por sua postura colonizada, que adotou a premissa da longa idade média sem a […]

Read more "Longa idade média ou apropriações do medievo? Uma reflexão para se descolonizar a idade média através do medievalismo"

A historiografia medieval no Brasil: de 1990 a 2017

  “O livro A historiografia medieval no Brasil: de 1990 a 2017 organizado pelos pesquisadores Clínio Amaral e João Lisbôa, é uma prova indelével de que os estudos de história medieval têm hoje lugar assegurado na historiografia brasileira. Os dados, argumentos e debates nele contidos, põem por terra a ideia restritiva aceita até o fim […]

Read more "A historiografia medieval no Brasil: de 1990 a 2017"

Por uma sociologia da santidade canonizada na Igreja Católica: as reflexões de Pierre Delooz

           Abaixo, apresenta-se um resumo dos principais argumentos de Pierre Delooz em seu clássico artigo: Por uma sociologia da santidade canonizada na Igreja Católica, publicado pela revista Archives de Sciences Sociales des Religions em 1962. Este resumo integrou as discussões da disciplina optativa história da santidade de Tertuliano ao movimento neopentecostal […]

Read more "Por uma sociologia da santidade canonizada na Igreja Católica: as reflexões de Pierre Delooz"

Reflexões de pesquisadores do Linhas em formato ebook

A obra Ensino & Medievo, que pertence à coleção Aprendendo História, foi organizada por André Bueno (UERJ), Dulceli Estacheski (UNESPAR/União da Vitória), José Maria Sousa Neto (UPE/Mata Norte) e Renan Birro (UPE/Mata Norte). Ela está disponível gratuitamente para download. A temática sugerida envolveu o conceito Medievalismos, caro ao Linhas, além de submissões que dialogassem com […]

Read more "Reflexões de pesquisadores do Linhas em formato ebook"

Medievalismos no Simpósio Eletrônico Internacional de Ensino de História

O 5º Simpósio Eletrônico Internacional de Ensino de História, que será realizado entre os dias 8 a 12 de Abril de 2019, contará com a mesa “Ensino e Medievo”: Medievalismos“, coordenada pelo Prof. Dr. Renan Birro (UPE), novo membro do Linhas. Esta iniciativa apresenta um conjunto de conferências e comunicações com reflexões teóricas e/ou práticas […]

Read more "Medievalismos no Simpósio Eletrônico Internacional de Ensino de História"

Breves considerações: de Justiniano a Maomé

Desde o século V, apenas o império romano do oriente estava de pé, o império ocidental fragmentara-se em diversos reinos “bárbaros”.  No Ocidente, em 500, o cristianismo era a única religião pública em toda a área do Mediterrâneo; desde então, o centro de poder estava em Constantinopla[1].  O poder permanecia nas cidades, porém, eram os […]

Read more "Breves considerações: de Justiniano a Maomé"

Considerações acerca da crise do mundo antigo: os “bárbaros” e o cristianismo no limiar do medievo

           A passagem da antiguidade para a idade média envolve um significativo grupo de problemas e questões apresentados por diversas correntes da historiografia, as quais, grosso modo, propõem compreender quais teriam sido as relações entre os “bárbaros” e os romanos, a partir do século III, que teriam levado ao nascimento do mundo medieval.  Nessa relação, […]

Read more "Considerações acerca da crise do mundo antigo: os “bárbaros” e o cristianismo no limiar do medievo"