A “revolução” de 64 e outros passados paralelos: dos negacionismos ao Deus Vult

Luiz Felipe Anchieta GuerraIgor Tadeu Camilo Rocha Vivemos cercados de incertezas, em meio a uma crise sanitária, econômica e política sem precedentes em nosso país, mas uma coisa é certa: hoje é o último dia de março. O temido 31 de março, que ainda nos assombra na memória recente, especialmente no contexto atual. Apesar disso, […]

Read more "A “revolução” de 64 e outros passados paralelos: dos negacionismos ao Deus Vult"

Melhorando Dungeons & Dragons: racismo e os “bárbaros”

Paul B. Sturtevant, The Public Medievalist Trad. por Luiz Guerra* Dungeons and Dragons é extremamente popular – provavelmente a releitura de fantasia mais popular sobre Idade Média no mundo hoje. Considerando que as edições anteriores do jogo sempre foram um pilar da cultura “nerd” mais hardcore, a atual 5ª edição de D&D (publicada em 2014) […]

Read more "Melhorando Dungeons & Dragons: racismo e os “bárbaros”"

MEDIEVALISMOS GLOBAIS – cultura, apropriações e reinvençōes

Do cavaleiro da Lux Brasil ao sucesso estrondoso de Game of Thrones, o medieval é, indiscutivelmente, da ordem do dia. Com essa popularidade, reforça-se também a necessidade de compreender as origens dessas muitas representações da Idade Média, seus equívocos, interesses, inspirações e objetivos. O campo de estudos do medievalismo é atualmente o que mais cresce […]

Read more "MEDIEVALISMOS GLOBAIS – cultura, apropriações e reinvençōes"

A Escavação: a romantização de um passado anglo-saxão revela um filme feito para o Reino Unido pós-Brexit

Louise D’Arcens, Macquarie University Trad. por Luiz Guerra* Em 1939, um barco saxão do século VII foi descoberto em Sutton Hoo, a propriedade de Edith Pretty em Suffolk. A descoberta deste navio iria transformar a compreensão moderna sobre a Inglaterra alto-medieval, lançando luz sobre a sofisticação de suas práticas funerárias, suas habilidades técnicas e artísticas […]

Read more "A Escavação: a romantização de um passado anglo-saxão revela um filme feito para o Reino Unido pós-Brexit"

Por que a extrema direita e supremacistas brancos adotaram a Idade Média e seus símbolos?

Por que os supremacistas brancos usam símbolos medievais? Extremistas brancos adotam ideias existentes para legitimar suas ideologias e falsas afirmações sobre o passado. Uma sociedade feudal rigidamente estruturada governada pela violência de um rei e da nobreza é atraente para os fascistas. A maior parte das nações ditas “ocidentais”, incluindo a Austrália, entende a Idade […]

Read more "Por que a extrema direita e supremacistas brancos adotaram a Idade Média e seus símbolos?"

Conferência Internacional sobre Medievalismo

A 35a edição do evento anual da ISSM (International Society for the Study of Medievalism), entitulada Passatempos Impossíveis: brincando com, na, e através da Idade Média, ocorrerá entre os dias 12 e 14 de novembro. Sediada pela Old Dominion University em Norfolk, Virginia, essa edição da Conferência será 100% online devido à atual pandemia de […]

Read more "Conferência Internacional sobre Medievalismo"

SOBRE A ENTREVISTA DO PROFESSOR VINCENT FERRÉ

Considerando que muitas pessoas tentaram, sem sucesso, acessar o link para acompanhar a entrevista realizada no dia 07 de outubro, o LINHAS vem a público esclarecer os fatos. Pouco antes das 10:00 h, horário do início da atividade, estavam na sala virtual do Google Meets o professor Clínio Amaral (entrevistador e tradutor), o professor Vincent […]

Read more "SOBRE A ENTREVISTA DO PROFESSOR VINCENT FERRÉ"